Direção corretiva: o que é, importância e prática

Apesar de ser importante na realização de viagens na estrada, a direção corretiva é pouco conhecida entre os motoristas. Geralmente, a prática mais discutida é a direção defensiva, que tem como foco prevenir e evitar ocorrências e acidentes e no trânsito. Entretanto, ambos os assuntos podem ser decisivos em momentos de vida ou morte e precisam ser de conhecimento de todos. Dessa forma, a Sergomel traz hoje tudo o que você precisa saber sobre a direção.

Qual a diferença entre Direção Corretiva e Direção Defensiva

Apesar de extremamente confundidas, existem diferenças significativas entre Direção Corretiva e Direção Defensiva. Enquanto a Corretiva visa o reparo de acidentes, a Defensiva busca por evitar que eles ocorram.

Entenda que a prática da Direção Defensiva não faz com que a Direção Corretiva seja indispensável, pois acidentes, de acordo com o dicionário, são eventos inesperados. Ambas são extremamente necessárias, ainda mais quando se fala de Dirigir um caminhão, que é um automóvel de grande porte.

Entenda agora o que é Direção Defensiva e as diferenças como associá-las para melhorar a direção de caminhões e veículos de grande porte.

Podemos definir Direção Defensiva como ações realizadas durante a direção que tem como objetivo evitar acidentes e oferecer ao condutor uma postura mais cautelosa e atenciosa. De forma prática, a Direção defensiva tenta reduzir as ações que possam provocar acidentes.

Enquanto a Direção Corretiva se posiciona pensando no pós-acidente, a defensiva tenta evitá-los.

O que é direção corretiva

Inicialmente, é preciso entender no que consiste a direção corretiva. Essa prática, nada mais é do que ações que um indivíduo executa para que seja eficiente e resguarde a segurança de todos aqueles que trafegam pelas vias públicas em situações não previstas. Para isso, é preciso seguir algumas instruções básicas para realizar nesses momentos.

Na prática

Primeiramente, é necessário manter a calma perante a situação, para que se tome a melhor decisão no momento. Em seguida, é necessário focar no auxílio a possíveis vítimas. (dicas no próximo ítem). Além disso, é preciso que se sinalize o local do incidente, para que as pessoas que transitam no local fiquem em alerta e não causem um novo acidente. Assim que puder, procure contactar as autoridades e serviços de assistência médica. O tempo entre agir e a chegada do socorro pode determinar consequências graves ou até mesmo, a salvação de vidas.  Por fim, auxilie a administradora da via, caso exista, a fim de orientar outros motoristas e facilitar o fluxo do trânsito.

Conhecimento

Assim como dito anteriormente, por em prática a direção corretiva pode ser determinante para salvar vidas. Dessa forma, é preciso garantir conhecimento a fim de saber como agir em situações inesperadas. Para isso, muitas empresas oferecem cursos sobre essa prática e colocam em vigor para os motoristas. Além disso, é possível encontrar cursos (gratuitos ou não) e até mesmo online, facilitando o usuário a realizá-lo sem sair de casa e a hora que quiser. Também é possível encontrar informações de direção corretiva como por exemplo, primeiros socorros com foco no aprimoramento da formação do condutor no site do DENATRAN.


E aí, curtiu nosso conteúdo de hoje? Gostaria de sugerir alguma pauta? Fale com a gente!