Quinta roda: o que é, criação e características

A quinta roda é um equipamento conhecido no mundo do transporte rodoviário, canavieiro e florestal. Entretanto, os leigos no assunto não sabem ou até mesmo, nunca ouviram falar sobre a quinta roda e sua grande importância no transporte cargas. O texto de hoje do blog vem para esclarecer mais sobre o assunto, bem como suas dúvidas em torno da quinta roda.

O que é

A chamada quinta roda é um implemento que une o cavalo a carreta, localizado na parte traseira do caminhão. Ela é fundamental para o conjunto funcionar e é considerada um equipamento de segurança prioritária, pois em caso de pane no funcionamento, pode causar acidentes expressivos.

A criação

O termo quinta roda é mais antigo do que se pensa. Esse tipo de equipamento para acoplar reboques e semirreboques é usado com um Pino-Rei e uma placa receptora há mais de 100 anos. A primeira patente da quinta roda na qual se tem registro foi emitida em 1936 para o americano Charles E. Bradshaw. Entretanto, credita-se também à Charles H. Martin, da companhia Martin Rocking Fifth Wheels presente nos EUA em 1911, a criação da quinta roda. O equipamento surgiu a partir de um sistema de acoplamento semelhante ao utilizado em carruagens e carroças de quatro rodas puxadas por cavalos.

Charles M. era um designer de caminhões. Ele construiu um trator que era movido à gasolina. O veículo foi desenvolvido para substituir carruagens, que até então, eram puxadas por cavalos. O sistema criado por ele era inovador, pois permitia que o conjunto do eixo frontal dos transportes fizesse curvas maiores e mais flexíveis. Isso ajudava a evitar acidentes. Foi acoplado aos caminhões, uma outra roda no chassi, dando assim o nome de “quinta roda.

Os primeiros eixos dos cavalos mecânicos eram diferentes dos que são hoje. Eles possuíam apenas quatro rodas, sendo duas de cada lado. Na parte da tração do cavalo mecânico havia apenas um. A quinta roda era colocada na parte superior da plataforma do cavalo, exatamente entre as quatro rodas da tração, com o objetivo de possibilitar que o cavalo mecânico seja acoplado ao semirreboque.

Características da quinta-roda

A quinta roda, como qualquer equipamento automobilístico, deve possuir certificação Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Isso, além de regularizar todos os produtos, garante ao consumidor que os produtos utilizados na produção dos materiais sejam de qualidade adequada.

O Inmetro realiza uma análise técnica de todo o processo de produção da quinta roda, começando pelo projeto e finalizando com testes de segurança e eficácia. Isso é importante pois, de modo geral, ele garante a segurança do usuário. A falta de qualidade do engate pode ser fatal, por isso a Quinta Roda deve ser de excelente qualidade. Os primeiros cavalos mecânicos tinham apenas um eixo na tração e cada eixo tinha quatro rodas, duas de cada lado.

A quinta roda, com formato arredondado, foi colocada em cima da plataforma do cavalo, entre as quatro rodas da tração, possibilitando o acoplamento entre o cavalo mecânico e o semirreboque. Hoje existem diversos modelos de quintas rodas com diferentes características técnicas e aplicações que dependem de qual será o uso do produto.


Agora que você já entendeu um pouco mais sobre a quinta roda, fale com um dos nossos atendentes Sergomel e tenha mais informações sobre a quinta roda vendida na empresa.